Últimas Notícias
 

Logística do lucro

 
Valor Econômico - 24/11/2011
 

Depois da onda de fundos imobiliários com foco em imóveis corporativos e voltados para shopping centers, os gestores têm buscado novas oportunidades de investimentos em galpões industriais e centros logísticos.

Com o crescimento do mercado interno, há um aumento da demanda por esses empreendimentos e algumas gestoras têm aproveitado para construir imóveis sob medida para as empresas ou alugar instalações em centros logísticos. "As empresas não querem imobilizar os recursos de capital de giro em ativos fixos como imóveis e buscam alugar as instalações", afirma Marcelo Michaluá, sócio-diretor da RB Capital.

Apesar de ainda ter uma pequena participação no mercado de fundos imobiliários, esse segmento apresenta grande potencial de crescimento. Há três ofertas em andamento, que devem somar R$ 401,34 milhões. E para o ano que vem estão previstos pelo menos mais R$ 900 milhões em lançamentos. "Hoje é o setor de logística que apresenta a maior atratividade", afirma José Diniz, diretor de fundos imobiliários da Rio Bravo.

A gestora planeja lançar no primeiro trimestre do ano que vem um fundo voltado para o desenvolvimento de um centro logístico para multiusuários, com previsão de captar R$ 200 milhões. Cerca de 10% a 20% das instalações devem ser estruturadas na modalidade "built to suit", que envolve a construção sob medida para um inquilino que vai alugá-lo. "Por serem contratos de longo prazo, isso diminui o risco do empreendimento", diz Diniz.

O imóvel, localizado no entorno da cidade de São Paulo, deve ocupar uma área de 97 mil metros quadrados. "Esses empreendimentos costumam oferecer rendimento com receitas de aluguel de cerca de 1% ao mês, superior à média mensal paga pelos fundos imobiliários, de 0,7% a 0,8%", destaca Diniz. Os fundos de desenvolvimento chegam a pagar um rendimento de 20% a 24% ao ano.

Apesar de oferecer um rendimentos maior, os investidores devem avaliar os riscos envolvidos nesses investimentos antes de aderir à oferta, como localização do imóvel, qualidade dos inquilinos e formato dos contratos de locação.